5041 - 6296 / 5093 – 3830  
atendimentomuroazul@gmail.com

Dicas e testes   >    A importância da musculação na terceira idade


A importância da musculação na terceira idade


A musculação pode ser realizada por qualquer idoso. O único motivo que faz com que ela seja contraindicada é através de uma prescrição médica, diagnosticando o indivíduo a não realizar exercícios na sala de musculação.

Além do fator qualidade de vida que a musculação traz para todos os praticantes, na terceira idade ela favorece no tratamento e prevenção das doenças do sistema esquelético, como por exemplo, a osteoporose.

É importantíssimo trabalhar o fortalecimento das articulações, ligamentos e tendões, já que nessa fase da vida é necessária uma atenção redobrada em todos esses quesitos, já que as entorses acontecem com uma frequência maior. As atividades físicas para pessoas da terceira idade também são muito importantes para o controle e prevenção do colesterol, diabetes e alterações da pressão arterial, e na ativação do sistema metabólico.

Na hora de treinar, o idoso precisa levar em conta que seu organismo já não é mais o mesmo.

As principais mudanças que ocorrem nessa faixa etária são as alterações cardiovasculares e musculoesqueléticas. Sobre esta última, estudos apontam que, entre os 55 e 70 anos, há um decréscimo de 30-40% da força muscular, o que explica a redução da massa magra e da estatura, e a diminuição da potência e da força.

A intensidade e o volume de treino precisam ser bem adaptados, pois não podem ser os mesmos de um indivíduo mais jovem. Os aparelhos podem ser os mesmos, já os exercícios dependem de adaptação e reflexão sobre o grau de dificuldade e a carga, que deve ser.

Para musculação é importante utilizar aparelhos máquina ou os articulados, como supino, remada, desenvolvimento da deltoide, extensão do tríceps, rosca direta, trabalho de extensão e flexão de joelhos e abdominais. Nesses exercícios é interessante trabalhar com o método alternado por segmento e trabalhar com séries com poucas repetições e carga moderada.

A musculação, além de proporcionar enrijecimento da musculatura, ajuda a melhorar a qualidade de vida, promovendo saúde e bem-estar, prevenção e tratamento de doenças ou qualquer tipo de complicação na saúde.

Economicamente, os exercícios também ajudam, pois gasta-se muito com remédios e matriculando-se em uma academia, esses custos caem mais da metade, além de proporcionar socialização, melhorando a disposição e afastando o estresse para bem longe.

Fonte: Portal da Educação Física - http://www.educacaofisica.com.br/saude-bemestar/ terceira-idade/importancia-do-treinamento-resistido-musculacao-no-envelhecimento/