5041 - 6296 / 5093 – 3830  
atendimentomuroazul@gmail.com

Dicas e testes   >    Forma física é mais importante que os exercícios?


Forma física é mais importante que os exercícios?


Na busca por um objetivo, tanto o caminho quanto o destino final são extremamente importantes. No caso da saúde, não é diferente: podemos tratar a rotina de exercícios como a jornada para ter uma boa forma física, mas o foco precisa estar em ambos.

Entretanto, uma dúvida persiste: se compararmos o caminho com o destino, qual é mais importante?

Um estudo feito na Universidade de Queen, em Kingston, no Canadá, liderado por Taryn Davidson foi em busca desta resposta.

A pesquisa foi baseada nos dados de 11.610 homens militares veteranos com média de idade em torno dos 58 anos. Todos completaram testes que calculavam o consumo máximo de oxigênio pelo corpo para definir suas aptidões físicas, além de responderem questões sobre seus exercícios diários.

Tais resultados permitiram os pesquisadores classificarem os homens nas categorias “em forma”, “fora de forma”, “ativo” e “inativo”.

Depois de aproximadamente uma década de acompanhamento, 2.876 veteranos morreram. A partir disso, o estudo pôde concluir qual era a “taxa de risco de morte” de acordo com as características de cada categoria.

Entre ativos e inativos, os ativos tiveram essa medida de risco 17% menor que os inativos.

Na comparação entre quem estava em forma e fora de forma, a taxa foi 12% menor para os que estavam em forma – portanto, a diferença encontrada no grupo que comparava a forma física foi menos significativa do que a encontrada entre os que se distinguiam pela prática de exercícios.

Porém, em outra comparação estatística, os pesquisadores chegaram aos resultados de que quem mantém sua rotina de atividades e melhora a forma física tem 15% da taxa de risco diminuída; enquanto que, se você mantém a forma física, mas aumenta sua rotina para se exercitar, a taxa não se altera.

A conclusão é: exercícios são bons, indubitavelmente, porque melhoram seu condicionamento.

Ter um bom condicionamento, no entanto, é um bom sinal para sua saúde, não importa se adquirido através da prática ou da genética. O estudo ressalta, baseado nessa informação, que forma física e exercícios estão totalmente relacionados. Normalmente, quem é mais ativo é quem tem o melhor condicionamento.

Fonte: https://www.ativo.com/saude/estudo-forma-fisica-exercicios/?utm_source=social&utm_campaign=ativo&utm_medium=facebook