A obesidade infantil é um problema grave de saúde pública e já é considerada uma epidemia. Essa doença se caracteriza pelo excesso de peso nas crianças de até 12 anos de idade.

De acordo com o IBGE, uma a cada 3 crianças de 5 a 9 anos estão acima do peso. Para você ter uma ideia, a Organização Mundial da Saúde concluiu, em estudo, que ainda em 2022, haverá mais crianças obesas do que abaixo do peso no mundo.

Mas, como prevenir essa doença? Antes de qualquer coisa, é preciso entender o que é a obesidade infantil.

O que é a obesidade infantil, afinal?

A obesidade infantil é o excesso de gordura corporal em crianças de até 12 anos. O sobrepeso é considerado quando a criança está, pelo menos, 15% acima do peso de referência para a sua idade. Além disso, a doença também pode ser diagnosticada através do cálculo de IMC, o índice d massa muscular.

Entenda que a obesidade infantil é um mal que costuma vir acompanhado de outras doenças crônicas, como é o caso das diabetes e da hipertensão. 

Mesmo que a criança não sofra de doenças cardiovasculares e problemas respiratórios, ainda existe o risco dos pequenos terem sua qualidade de vida afetada pela obesidade infantil. Isso acontece porque as crianças em sobrepeso podem ter dificuldades para executar atividades cotidianas e brincadeiras.

Os riscos associados à doença envolvem:

  • Obesidade mórbida, quando adultos
  • Doenças respiratórias, como asma e apneia
  • Doenças ortopédicas, como problemas de coluna ou joelhos
  • Dores nas articulações
  • Disfunções do fígado, em função do acúmulo de gordura
  • Colesterol alto
  • Diabetes
  • Hipertensão arterial
  • Complicações metabólicas
  • Acne
  • Assaduras e dermatites
  • Enxaqueca

Como prevenir e combater a obesidade infantil?

A melhor forma de prevenir e combater a obesidade infantil é com a conscientização. Esse é o primeiro passo para tomar uma atitude transformadora para a vida da criança.

O que previne e combate a obesidade infantil é uma combinação de alimentação balanceada e exercícios físicos recorrentes. Ter uma rotina saudável faz toda a diferença, e além disso, é preciso de acompanhamento médico para acompanhar a saúde da criança.

Entenda que o comportamento alimentar é um dos principais fatores que causam a obesidade infantil, mas não só ele. Há, ainda, casos onde a compulsão alimentar é fruto de um vício causado por problemas psicológicos. Daí a importância de acompanhar cada caso de maneira individual e compreender a realidade da criança.

O combate ao sedentarismo faz a diferença

Combater o sedentarismo também ajuda a reduzir os riscos da obesidade infantil. Uma criança que tem o hábito de brincar e se exercitar tende a ter uma vida mais saudável, queimando as calorias obtidas em excesso e mantendo a forma e o bem-estar.

Ao frequentar uma academia infantil, os pequenos ganham um novo fôlego para lutar contra a obesidade infantil e outros problemas.

O objetivo da criança na academia não é como o dos adultos, na maioria das vezes. A ideia não é levantar peso e definir a musculatura. O objetivo estético pode estar presente, mas o foco é a saúde, o bem-estar e o desenvolvimento infantil.

Convidamos você a conhecer a Academia Muro Azul, uma academia com mais de 50 anos de tradição e experiência. Temos treinos voltados a crianças, jovens, adultos e idosos, cada um com suas próprias características e ritmo!