Muro Azul 02 - Muro Azul

Atendimento

A corrida para mulheres está se destacando cada vez mais no mundo esportivo, e não é apenas pelas habilidades atléticas femininas, mas também por sua capacidade de alcançar metas pessoais com mais facilidade. 

A corrida para mulheres não apenas traz benefícios físicos, mas também ajuda a desenvolver habilidades mentais importantes, que podem ser aplicadas em outras áreas da vida. 

Neste artigo, discutiremos os motivos pelos quais as mulheres que correm têm mais facilidade em alcançar metas pessoais, incluindo o aumento da autoconfiança, a capacidade de estabelecer metas realistas, o desenvolvimento da disciplina e determinação, o alívio do estresse e a estimulação da criatividade. 

Ao compreender essas vantagens, você pode adicionar a corrida à sua rotina diária para alcançar seus objetivos de vida com mais facilidade e determinação! Vamos lá?

Quando iniciou a corrida para mulheres?

A participação de mulheres em corridas e competições atléticas é uma história relativamente recente. 

Até meados do século XX, muitas pessoas acreditavam que as mulheres não eram fisicamente capazes de realizar atividades atléticas de alto desempenho. Por exemplo, a maratona olímpica era uma competição exclusivamente masculina até 1984. 

No entanto, isso começou a mudar durante a década de 1960 e 1970, quando o movimento feminista e a luta por direitos iguais começaram a ganhar força. 

Algumas mulheres começaram a desafiar as normas sociais e a participar de corridas de rua, mesmo sem permissão oficial ou equipamentos adequados. 

Um exemplo notável foi a maratonista Kathrine Switzer, que em 1967 se inscreveu para correr a Maratona de Boston, disfarçada de homem, pois, na época, a corrida era reservada apenas para homens. 

Ela foi descoberta durante a corrida, mas mesmo assim conseguiu terminá-la. A partir daí, outras mulheres começaram a seguir o exemplo de Switzer e a se envolver em corridas, desafiando as normas de gênero e as expectativas sociais. 

Em 1972, a Maratona de Boston permitiu oficialmente a participação de mulheres e, desde então, a participação feminina em corridas e outros esportes de alto desempenho tem crescido constantemente. 

Hoje em dia, há muita corrida para mulheres, e já participam de competições de todos os níveis e tipos, desde corridas de rua até maratonas e ultramaratonas.

Descubra a seguir, como a corrida pode influenciar as mulheres nas suas conquistas!

Aumentando a autoconfiança

Quando uma mulher começa a correr, ela percebe que pode superar obstáculos e desafios que antes pareciam intransponíveis. 

Na corrida para mulheres, aprende-se a controlar sua respiração, a resistir à fadiga e a lidar com a dor. Essa superação gera uma sensação de autoconfiança que se estende para outras áreas da vida, incluindo metas pessoais.

Estabelecendo metas realistas

Ao estabelecer uma rotina de corrida para mulheres, define metas realistas e alcançáveis. 

Começa com uma distância curta e gradualmente a aumenta com a velocidade, até alcançar o objetivo desejado. Essa mentalidade de estabelecer metas progressivas e realistas é fundamental para alcançar metas pessoais.

Mais disciplina e determinação

A corrida exige disciplina e determinação para ser praticada com frequência e consistência. 

Essas habilidades são transferidas para outras áreas da vida, como a alimentação saudável, o trabalho e as relações pessoais. A mulher que corre, desenvolve a capacidade de manter o foco em seus objetivos e não desistir diante dos obstáculos.

Ajudando a lidar com o estresse e a ansiedade

É um excelente antídoto contra o estresse e a ansiedade. Durante a corrida, o corpo libera endorfina, um hormônio que promove a sensação de bem-estar e reduz o estresse. Essa sensação de relaxamento e tranquilidade ajuda a mulher a lidar com as emoções negativas que podem surgir ao longo do caminho para alcançar metas pessoais.

Estimulando a criatividade e a produtividade

O esporte também ajuda a limpar a mente e estimular a criatividade. 

Ao correr, a mulher pode organizar seus pensamentos e encontrar soluções para problemas pessoais. Além disso, a sensação de realização após a corrida pode impulsionar a produtividade até mesmo em outras áreas da vida.

Ou seja, mulheres que correm têm mais facilidade em alcançar metas pessoais porque a corrida proporciona uma série de benefícios físicos e mentais que se estendem para outras áreas da vida. 

A autoconfiança, a disciplina, a determinação, o alívio do estresse e a estimulação da criatividade são apenas alguns dos benefícios que a corrida pode oferecer. Se você deseja alcançar suas metas pessoais com mais facilidade, considere adicionar a corrida à sua rotina.

Vem para a Academia Muro Azul 

A academia está presente no mercado há mais de 20 anos oferecendo diversos treinamentos que ajudam no bem-estar físico e mental das mulheres.

Um dos pontos fortes da Academia Muro Azul é a nossa preocupação em oferecer um ambiente seguro para as mulheres praticarem exercícios, com um espaço projetado para dar maior privacidade e conforto às alunas. 

Além disso, temos aulas para as crianças, o que pode facilitar a rotina de mães que desejam manter a prática de exercícios físicos sem deixar de cuidar dos pequenos.

Ou seja, a Academia Muro Azul se destaca como uma opção interessante para mulheres que desejam ter uma vida mais saudável e animada, ainda em um ambiente seguro e acolhedor, com a possibilidade de ter seus filhos participando das atividades.
Tudo de bom, né? Fale conosco e saiba mais através do WhatsApp (11) 9 4735 – 9884

O Dia das Mulheres é uma ocasião importante para refletir sobre as conquistas femininas e também para destacar os desafios ainda enfrentados. Uma dessas dificuldades é conciliar a vida agitada com a atividade física. 

Muitas mulheres têm uma rotina corrida e enfrentam múltiplas demandas em suas vidas diárias, o que pode dificultar encontrar tempo para se exercitar. No entanto, a atividade física é fundamental para a saúde e o bem-estar, não apenas físico, mas também mental e emocional. 

No entanto, a atividade física é fundamental para a saúde e o bem-estar das mulheres, não apenas físico, mas também mental e emocional. Além de ajudar a prevenir doenças como obesidade, diabete e doenças cardíacas, a prática regular de exercícios também pode reduzir o estresse, melhorar o humor e aumentar a autoestima.

Neste artigo, entender algumas dicas práticas para ajudar as mulheres a conciliarem suas vidas ocupadas com a prática regular de exercícios, permitindo que possam desfrutar dos benefícios para a saúde que essa prática oferece.

Organize o seu tempo

Uma das principais barreiras para a prática de exercícios é a falta de tempo. Por isso, é importante organizar a sua rotina para incluir momentos para se exercitar. 

Reserve um horário fixo na sua agenda para realizar atividades físicas, seja antes ou depois do trabalho, durante a hora do almoço ou nos finais de semana. 

Lembre-se de que o exercício físico é uma parte importante do seu bem-estar e que investir em sua saúde é uma escolha inteligente a longo prazo.

Escolha atividades que você goste

Outra forma de tornar a prática de exercícios mais fácil e agradável é escolher atividades que você goste. Não é necessário se matricular em uma academia se você não gosta de malhar. Existem muitas outras opções, como caminhadas, corridas, natação, dança, yoga, entre outras. Encontre algo que lhe dê prazer e motivação para se manter ativa.

Envolva outras mulheres

Encontrar amigos ou familiares que compartilham dos mesmos objetivos de saúde pode ser uma ótima forma de manter-se motivada e de tornar a prática de exercícios mais divertida. Além disso, ter um companheiro de treino pode ajudar a manter a consistência na rotina e a tornar os exercícios mais desafiadores e interessantes.

Priorize a sua saúde mental

As mulheres frequentemente enfrentam múltiplas demandas em suas vidas, incluindo trabalho, família, relacionamentos e outras responsabilidades, o que pode levar a altos níveis de estresse e ansiedade. 

Por isso, é importante incluir na rotina atividades que ajudem a cuidar da saúde mental, como meditação, ioga, terapia ou simplesmente momentos de relaxamento. A saúde mental e física estão interligadas, e investir em ambas é fundamental para uma vida saudável e equilibrada.

Faça pequenas mudanças

Se você tem uma rotina agitada e pouco tempo disponível, pode ser difícil encontrar espaço para a prática de exercícios. No entanto, pequenas mudanças podem fazer uma grande diferença. 

Tente incorporar mais atividade física na sua rotina diária, como subir escadas em vez de usar o elevador, caminhar até o trabalho em vez de dirigir, ou ainda realizar atividades físicas enquanto assiste TV ou durante as pausas no trabalho.

Lembre-se de que você merece cuidar de si mesma

Muitas mulheres colocam as necessidades dos outros antes das suas próprias, o que pode levar a um descuido com a própria saúde e bem-estar. 

É importante lembrar que cuidar de si mesma não é egoísmo, mas sim uma forma de manter-se saudável e feliz para poder desempenhar melhor as suas responsabilidades. Priorize a sua saúde e bem-estar, e não se esqueça de que você merece esse cuidado.

Conciliar a vida agitada com a prática de atividades físicas pode ser um desafio para as mulheres, mas é fundamental para a saúde e bem-estar a longo prazo. 

O Dia Internacional da Mulher é uma ótima oportunidade para lembrar da importância de cuidar da própria saúde e fazer escolhas saudáveis. Use essas dicas para encontrar tempo e motivação para se exercitar e cuidar de si mesma. 

Você merece investir na sua saúde e felicidade.

Dia das Mulheres: por que optar pela Academia Muro Azul?

A Academia Muro Azul pode ser uma excelente escolha para as mulheres que buscam cuidar da saúde e do bem-estar. Aqui estão algumas razões pelas quais a academia pode ser uma ótima opção para as mulheres:

Ambiente seguro e acolhedor

Oferecemos um ambiente seguro e acolhedor, que faz com que as mulheres se sintam confortáveis e motivadas a se exercitar. A academia é bem iluminada com câmeras de segurança, além de contar com vestiários femininos e armários individuais, garantindo privacidade e segurança.

Variedade de atividades físicas

Temos uma ampla variedade de atividades físicas, incluindo musculação, treino funcional, natação e outras opções que podem atender às diferentes necessidades e preferências das mulheres. 

Treino para as crianças

Aqui, temos aulas exclusivas para as crianças, então você pode trazer os filhos para aproveitar a infância de maneira saudável e ainda ter tempo para praticar seus exercícios!

Flexibilidade de horários

Muitas mulheres têm rotinas agitadas e precisam conciliar diversas atividades ao longo do dia. Disponibilizamos horários flexíveis, permitindo que escolher o melhor momento para se exercitar. A academia abre cedo e fecha tarde, incluindo opções de treino também nos finais de semana.

Gostou? Entre em contato conosco por WhatsApp e agende uma visita! (11) 9 4735 – 9884

A prática regular de atividades físicas durante a gestação traz inúmeros benefícios para a saúde feminina, tanto física quanto mental. 

Apesar disso, muitas mulheres ainda relutam em frequentar academias por diferentes motivos, como falta de tempo, vergonha do corpo, ou até mesmo por acreditarem que a musculação é uma atividade exclusivamente masculina.

No entanto, é importante destacar que a atividade física é fundamental para a saúde feminina em todas as fases da vida, desde a adolescência até a terceira idade. 

A prática de exercícios físicos regulares pode ajudar a prevenir doenças como obesidade, diabete, hipertensão e doenças cardiovasculares, além de melhorar a qualidade do sono, a autoestima e a saúde mental.

Além disso, a musculação é uma atividade que pode ser especialmente benéfica para as mulheres, ajudando a prevenir a perda de massa muscular associada ao envelhecimento, além de contribuir para o aumento da densidade óssea e redução do risco de osteoporose.

Por esses e outros motivos, é fundamental que as mulheres se sintam encorajadas a frequentar academias e praticar atividades físicas regularmente. Assim, é possível garantir uma vida mais saudável, feliz e plena em todos os aspectos.

Orientações que podem ajudar no início

Comece devagar: é importante não se sobrecarregar logo de início. Comece com atividades mais leves e aumente a intensidade gradualmente, conforme o seu corpo se adapta ao exercício físico.

Encontre uma atividade que você goste: nem todas as mulheres gostam de musculação, por exemplo. Experimente diferentes atividades e encontre aquela que mais lhe agrada, seja dança, pilates, yoga ou corrida.

Busque orientação profissional: um professor de educação física ou um personal trainer pode ajudar a orientar as suas atividades e garantir que você está realizando os exercícios corretamente e de forma segura.

Use roupas confortáveis: escolha roupas leves e confortáveis para a prática de exercícios, que permitam que o corpo respire e se movimente livremente.

Esteja bem hidratada: beba bastante água antes, durante e após as atividades físicas, para manter o corpo bem hidratado e ajudar na recuperação muscular.

Não compare o seu progresso com o de outras pessoas: cada corpo é único e possui suas próprias limitações e capacidades. Não se compare com outras pessoas na academia e respeite o seu próprio ritmo de progresso.

Descanse adequadamente: o descanso é fundamental para permitir que o corpo se recupere do esforço físico. Respeite os dias de descanso entre as atividades e permita que o seu corpo se recupere adequadamente.

Com essas orientações em mente, as mulheres iniciantes na academia podem começar a desfrutar dos benefícios da atividade física e se sentir mais seguras e confiantes em suas práticas.

Saúde feminina e a academia na gravidez

A prática de atividades físicas é essencial para manter saúde feminina equilibrada, e isso se aplica também às mulheres grávidas. 

Apesar de muitas vezes ser vista com receio ou medo, a atividade física pode ser benéfica durante a gestação, desde que realizada adequadamente e com orientação profissional.

Os exercícios físicos durante a gestação podem ajudar a controlar o ganho de peso, melhorar o condicionamento físico, reduzir o risco de desenvolver diabete gestacional e hipertensão arterial, além de contribuir para a prevenção de outras complicações obstétricas e de melhorar a saúde mental das mulheres grávidas.

No entanto, é importante ressaltar que a prática de atividades físicas durante a gestação deve ser sempre supervisionada por um profissional qualificado e adequada ao estágio da gravidez. Além disso, é fundamental que as gestantes respeitem suas limitações e escutem o próprio corpo, evitando atividades que coloquem em risco a saúde da mãe ou do bebê.

Com a devida orientação, as mulheres grávidas podem continuar a praticar atividades físicas e manter uma rotina saudável durante a gestação, promovendo assim benefícios tanto para a sua própria saúde quanto para a do bebê.

Academia Muro Azul

A academia Muro Azul é uma opção que pode ser considerada por mulheres que desejam praticar atividades físicas durante a gestação ou não. 

Com uma equipe de profissionais qualificados, a academia oferece orientação especializada para gestantes, adaptando as atividades físicas às necessidades específicas de cada mulher, respeitando as limitações impostas pelo período gestacional.

Além disso, a academia conta com equipamentos modernos e infraestrutura adequada para a prática de diversas atividades físicas, desde a musculação até aulas de dança e pilates. As aulas são conduzidas por professores capacitados e experientes, que orientam as alunas sobre a melhor forma de realizar os exercícios conforme o estágio da gestação.

A Muro Azul também oferece um ambiente acolhedor e seguro para as mulheres grávidas, possibilitando a socialização e a troca de experiências com outras gestantes, o que pode ser muito importante para o bem-estar emocional e psicológico das mulheres durante a gestação. 

Com uma abordagem voltada para a saúde e o bem-estar das mulheres grávidas, a academia Muro Azul se destaca como uma opção confiável e qualificada para as mulheres que desejam manter uma rotina de atividades físicas durante a gestação. Fale conosco agora mesmo!

Leia também: Musculação durante a gravidez: como praticar com segurança

Embora manter uma rotina regular de musculação durante a gravidez seja importante para manter a forma, você terá que fazer alguns ajustes para acomodar as mudanças no corpo.

É um conselho comum evitar levantar objetos pesados ​​à medida que a gravidez avança; então sua rotina de exercícios vai se ajustar. 

Felizmente, existem muitas maneiras de modificar seus treinos sem deixar de suar! Aqui está o que você precisa saber praticar musculação durante a gravidez com segurança.

Musculação durante a gravidez pode?

Primeiramente, exercícios são sempre bem-vindos, desde que, primeiro, você esclareça isso com seu médico e não esteja enfrentando nenhum problema de saúde relacionado à gravidez.

Além disso, se for possível fazer os exercícios, será necessário cautela levantando pesos mais leves, prestando mais atenção na sua prescrição ou tentando novas rotinas para acomodar sua capacidade de mudança. Você também pode considerar consultar um profissional de fitness certificado para pré-natal.

Se você é completamente novo no levantamento de peso, então a gravidez não é o momento para começar um programa extremo. Em vez disso, experimente rotinas de exercícios mais leves, como ioga pré-natal ou caminhada.

Lembre-se de que cada gravidez é diferente. Certifique-se de consultar seu médico sobre suas circunstâncias caso tenha alguma dúvida sobre levantar pesos durante a gravidez.

Benefícios

A musculação durante a gravidez não só pode ajudá-la a ficar em forma, mas, também, a preparar seu corpo para a maternidade, mas é importante ser feito da forma certa e com o peso adequado, afinal, o execício ajudará a fortalecer sua resistência. Isso é algo que você definitivamente precisará para o trabalho de parto.

Aqui estão mais alguns benefícios da musculação durante a gravidez:

Fortalece os músculos das costas

A dor lombar é uma queixa comum durante a gravidez, afetando aproximadamente dois terços de todas as grávidas. 

Isso ocorre porque um útero em crescimento e seios aumentados, podem mudar seu centro de gravidade e aumentar a curvatura de suas costas, colocando pressão extra nos músculos das costas. 

Levantar peso pode fortalecer os músculos das costas e aumentar a força do núcleo, ajudando a suportar o peso adicional de seu corpo em mudança.

Mão de obra facilitada

Pesquisas mostram que o treinamento de resistência, tem um efeito positivo nos resultados do trabalho de parto, diminuindo a chance de cesariana e também o tempo de internação; 

E tente não se preocupar em entrar em trabalho de parto devido ao seu treino; estudos também mostram que exercícios resistidos não aumentam o risco de trabalho de parto prematuro. 

Melhor controle de peso

O ganho de peso na gravidez é esperado e importante para apoiar o crescimento do bebê. 

Muito ganho de peso, no entanto, pode levar a problemas de saúde, como diabete gestacional e hipertensão, aumentando o risco de obesidade no bebê. Também, pode aumentar o risco de obesidade após a gravidez.

Muito pouco ganho de peso, pode fazer com que seu filho fique muito pequeno, aumentando o risco de doenças e podendo levar a atrasos no desenvolvimento. 

Um programa regular de exercícios, incluindo treinamento de força com pesos, pode ajudar a controlar o ganho excessivo de peso durante a gravidez. Também há evidências de que manter um peso inferior durante a gravidez pode ajudar a prevenir a pré-eclâmpsia.

Exercícios a evitar durante a gravidez

Cada gravidez é diferente. Sua condição fisiológica e de saúde determinarão o tipo de exercícios que você pode realizar durante a gravidez. 

No entanto, existem certos cuidados que todas devem tomar ao iniciar qualquer rotina de exercícios durante a gravidez, incluindo o treinamento com pesos. Essas medidas reduzem o risco de complicações e lesões para você e seu bebê.

Evite deitar de barriga ou de costas

Deitar de costas no segundo e terceiro trimestre faz com que o útero comprima a veia cava, uma veia principal que transporta sangue desoxigenado para o coração. Isso reduz o fluxo de oxigênio no sangue para o bebê. Evite exercícios em posição supina, como supino ou trabalho prolongado no solo.

Em vez disso, modifique sua posição para ficar inclinada, sentada ou ereta. Por exemplo, um supino pode ser realizado em um banco inclinado após 12 semanas. Após 20 semanas, você pode praticá-lo com uma inclinação maior.

Também é importante não usar máquinas que exercem pressão excessiva sobre a região lombar e aquelas com uma almofada que pressiona a barriga.

Cuidado com os abdominais

Durante a gravidez, os músculos do meio do estômago se esticam para criar espaço para um útero em crescimento. É comum que o reto abdominal se separe, e isso é chamado diástase dos retos.

A condição também pode ser causada pelo levantamento incorreto de pesos pesados ou pela realização de exercícios abdominais inseguros, ou excessivos. Isso inclui movimentos que exigem que você se deite de barriga para baixo após o primeiro trimestre.

Muitos treinadores recomendam focar no fortalecimento do assoalho pélvico e dos músculos centrais, em vez dos exercícios abdominais tradicionais.

Use pesos mais leves

Durante a gravidez, a placenta produz um hormônio chamado relaxina, que afrouxa as articulações e os ligamentos em preparação para o parto. Como resultado, qualquer exercício de alto impacto, incluindo treinamento com pesos, pode torná-lo mais propenso a lesões, distensões e entorses.

Para evitar sobrecarregar as articulações soltas, os treinadores sugerem usar pesos mais leves e efetuar mais repetições. A recomendação é trabalhar na faixa de 10 a 12 repetições. Também é vital estar atenta ao alongamento excessivo e manter uma região lombar forte.

Se você não tem certeza sobre o uso de pesos e ainda deseja incluir treinamento de resistência na rotina, tente exercícios de peso corporal usando seu corpo como resistência.

Evite levantar pesos acima da cabeça

À medida que o útero se desloca para frente, ele também altera a orientação da pelve e pode causar mais estresse na região lombar e na pelve. Além disso, o ganho de peso se concentra na barriga durante a gravidez, alterando o centro de gravidade.

Isso altera sua postura e equilíbrio, o que pode levar a uma parte inferior das costas arqueada, ombros caídos e dor lombar. Levantar pesos acima da cabeça pode aumentar a curvatura da parte inferior da coluna e exacerbar o estresse lombar. Evite exercícios como ombros após o primeiro trimestre.

Para mais dicas de exercícios de musculação durante a gravidez, fale com a Academia Muro Azul. Mas lembre de ter o aval do seu médico antes de praticar os exercícios. Esperamos por você!

1